Boi Gordo
R$ 286,54
15/01/2021
Soja (sc)
R$ 166,97
15/01/2021
Dolar
R$ 5,2606
15/01/2021
Bom dia! Hoje é segunda, 18 de janeiro de 2021
NOTÍCIAS / Agricultura familiar

  • 08/01/2021 Agricultura familiar

Publicada relação de produtos da agricultura familiar com bônus em janeiro

O recebimento de bônus do PGPAF ocorre quando o valor de mercado de produtos do programa fica abaixo do preço de referência


O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) publicou nesta sexta-feira (8) a relação dos produtos agrícolas com bônus de desconto em janeiro aos agentes financeiros operadores do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). O bônus é utilizado pelo agricultor como desconto nas parcelas de financiamento.

A lista com os produtos e os estados contemplados pelo Programa de Garantia de Preços para Agricultura Familiar (PGPAF) tem validade de 10 de janeiro a 9 de fevereiro deste ano, conforme a Portaria nº 1, da Secretaria de Política Agrícola.  

Os produtos com bônus de desconto nas operações e parcelas de crédito rural são: abacaxi, banana, borracha natural cultivada, castanha de caju, mamona em baga, manga, maracujá e raiz de mandioca. Em relação à castanha de caju, a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) explica que a grande quantidade de chuva no Nordeste levou ao aumento da oferta do produto no mercado e, com isso, o preço da castanha teve redução, justificando a medida corretiva do governo.

Para os agricultores familiares que têm operações de investimento sem um produto principal, que é a fonte de renda para pagamento do financiamento, há o bônus da cesta de produtos. Nesses casos, os descontos são calculados por meio de uma composição dos bônus do feijão, leite, mandioca e milho.

Os estados que integram a lista deste mês são: Alagoas, Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rondônia, Roraima, São Paulo e Sergipe.

O recebimento de bônus do PGPAF ocorre quando o valor de mercado de algum dos produtos do programa fica abaixo do preço de referência, permitindo ao produtor utilizar o valor como desconto no pagamento ou amortização nas parcelas de financiamento no Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). 

Os descontos de todos os cultivos são calculados mensalmente pela Conab e divulgados pelo Mapa.

Por: Ministério da Agricultura (MAPA) - Governo Federal


Notícias relacionadas:

Selo Biocombustível Social gera renda para agricultores familiares

Pesquisa aponta impacto de compra da agricultura familiar durante pandemia

Lodo de esgoto beneficia agricultores há 10 anos, no Noroeste do PR

Comentários Comente essa notícia

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre o uso de cookies.